Portal Médico
Esqueci a senha
Buscar:

Notícias

Pulmão artificial fornece suporte a pacientes em estado crítico com covid-19 no Hospital do Coração de Alagoas

Atualmente dois pacientes estão em uso da ECMO no hospital

Tecnologia e inovação a favor da vida. Com o crescente aumento no número de novos casos da COVID-19 no Brasil, os impactos dentro das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) têm sido expressivos e, com o auxílio da tecnologia, médicos intensivistas têm buscado proporcionar a recuperação de pacientes desta doença que pode assumir formas muito graves. Na UTI exclusiva para tratamento da COVID-19 no Hospital do Coração, o uso de uma tecnologia avançada - a Oxigenação por Membrana Extracorpórea (ECMO, na sigla em inglês) - tem sido uma alternativa em pacientes com a COVID-19 que atendem a determinadas condições clínicas, renovando o otimismo de médicos e a esperança de familiares dos pacientes.

Atualmente, dois pacientes em tratamento da COVID-19 fazem uso dessa tecnologia no Hospital do Coração. O mais recente foi instalado no último domingo (28) em paciente de 69 anos, e há cinco dias em paciente de 29 anos, ambos se mantêm estáveis em recuperação da função pulmonar. 

“A ECMO funciona como um pulmão adicional para pacientes com covid-19 cuja função pulmonar foi muito reduzida, possibilitando que o paciente tenha tempo e condição clínica para se recuperar. A técnica faz a circulação e a oxigenação artificiais do sangue por meio de uma máquina ligada ao paciente através de cateteres. É um procedimento de alta complexidade, que vem sendo utilizado com frequência nos grandes centros por causa dos graves problemas respiratório que a covid19 traz”, ressalta Dr. Kleberth Tenório, especialista e coordenador do Time ECMO no Hospital do Coração. 

O procedimento requer recursos tecnológicos diferenciados e uma equipe multiprofissional treinada e capacitada. O Time de ECMO do Hospital do Coração é composto por cirurgiões cardíacos, intensivistas, ecocardiografistas, perfusionistas, enfermagem, fisioterapeutas e psicólogos. “É uma técnica importante, mas de alto custo, que deve obedecer a critérios restritos de indicação, e demanda muito investimento na capacitação da equipe para torná-la viável e com bons resultados clínicos. Estamos contentes em oferecer ao nosso Estado mais uma importante alternativa no suporte dos pacientes gravemente acometidos pela COVID-19”, afirmou o Presidente da Instituição, Dr. Ricardo César Cavalcanti.


Galeria de Fotos

CNPJ: 01.454.407/0001-51
Dr. Ricardo César Cavalcanti
CRM/AL 2562 / RQE 3761

Endereço

Av. Ariosvaldo Pereira Cintra, 152

Gruta de Lourdes - Maceió/AL

CEP 57052-580

Telefones

(82) 2123.3456

(82) 2123.3499

Redes Sociais


Portal do Colaborador

ENTRAR