Portal Médico
Esqueci a senha
Buscar:

Notícias

Centro de Pesquisas Clínicas Cesmac/Hospital do Coração integra maior estudo envolvendo hipertensos e diabéticos

O objetivo do Estudo Optimal Diabetes é alcançar a meta pressórica adequada para esse tipo de paciente

            A principal causa da morte no Brasil e na maior parte do mundo são as doenças cardiovasculares. A hipertensão arterial é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, sendo responsável por 40% das mortes por acidente vascular cerebral e 25% das mortes por infarto. Muitos pacientes com hipertensão também têm diabetes mellitus, outro fator de risco para essas condições. O mundo ainda necessita entender qual seria a melhor pressão arterial para o indivíduo hipertenso, que também é diabético.

          Essa realidade motiva estudos mundiais, nacionais e locais, como é o caso do Centro de Pesquisas Clínicas Cesmac/Hospital do Coração de Alagoas, que tem como investigador principal o Cardiologista Dr. Marco Mota. O local integra o Estudo Optimal Diabetes e agora celebra a conquista de superar o recrutamento do ACCORD, maior estudo feito para tentar dar resposta sobre qual a melhor pressão para o indivíduo hipertenso e diabético (14 ou 12 de pressão sistólica), realizado nos Estados Unidos, recrutando cerca de 4 mil pacientes. O resultado não deu relevância estatística para as questões principais como infarto, AVC, doença renal, entre outras.

          O Brasil está ousando dar essa resposta no estudo que tem o dobro da quantidade de pacientes. Com o Estudo Optimal Diabetes, coordenado pelo investigador principal de maior respeito e credibilidade no Brasil, Dr. Otavio Berwanger, Diretor da Academic Research Organization do Hospital Israelita Albert Einstein e Investigador Principal do Comitê Diretivo do Estudo Optimal, o Brasil pode dar ao mundo a resposta sobre qual é a melhor pressão para o indivíduo hipertenso e diabético 14 ou 12 de pressão sistólica.

        De acordo com o investigador principal do Centro de Pesquisas Clínicas Cesmac/Hospital do Coração de Alagoas, o Dr. Otavio Berwanger também tem dado importantes respostas na COVID-19, inclusive em estudos que nós também participamos. Esse estudo é realmente muito relevante e o Brasil todo está envolvido, pretendendo recrutar 9 mil pessoas. Inclusive já ultrapassamos o ACCORD e estamos comemorando o feito. Temos 130 pacientes, o que é um número significativo para o nosso centro. O Estudo Optimal Diabetes é no momento o maior no mundo para dar essa resposta e por isso o resultado vai ser realmente interessante quando for comunicado”, explica Dr. Marco Mota.

            Além da equipe formada pelos membros do Centro de Pesquisas, coordenado pela Profa. Dra. Annelise Paiva, o estudo conta ainda com a participação dos acadêmicos dos cursos de Farmácia e Nutrição, do bolsista do curso de Medicina Thomas Azevedo, além das residentes do Programa de Residência Médica do Cesmac – Medicina de Família e Comunidade, doutoras Maria Carolina Malheiros e Larissa Virginia Lins, que contribuíram no último ano, e doutoras Cintia de Fátima Vieira, Marina Andrade e Cleide Araújo, agora em 2021.

        Os alunos de Nutrição, Alice Medeiros, Lis Marinho, Amanda Costa, Raquel Cabus, Bárbara Amorim, Júlia Melo, Thamara Souza, Letícia Alencar, Arquiro Sanio e Karla Mendes, acompanhados pela Profa. Isadora Bianco, estão fazendo todo o aporte de orientação nutricional para os pacientes hipertensos e diabéticos para que se possa alcançar a meta pressórica ideal.



TEXTO: Jornalista Kelma de Abreu / Cesmac

FOTOS: Centro de Pesquisa Cesmac

FONTE: https://www.cesmac.edu.br/noticias/centro-de-pesquisas-clinicas-cesmac-hospital-do-coracao-integra-maior-estudo-envolvendo-hipertensos-e-diabeticos


Galeria de Fotos

CNPJ: 01.454.407/0001-51
Dr. Ricardo César Cavalcanti
CRM/AL 2562 / RQE 3761

Endereço

Av. Ariosvaldo Pereira Cintra, 152

Gruta de Lourdes - Maceió/AL

CEP 57052-580

Telefones

(82) 2123.3456

(82) 2123.3499

Redes Sociais


Portal do Colaborador

ENTRAR